Pé de Atleta – Tricofitia


pe-de-atleta

Mais de metade da população, uma vez ou outra desenvolve o pé de atleta, uma infecção fúngica da pele dos pés. Ela provoca coceira, ardor ou descamação da pele, especialmente entre os dedos ou na sola. Também conhecida como tinea pedis, que afeta mais os homens do que as mulheres, e se torna mais comum com a idade mais avançada. A umidade excessiva e falta de fluxo de ar em torno dos pés predispõe à infecção com o fungo. Para diminuir as chances de contrair o pé do atleta, deve-se evitar andar descalço em vestiários e chuveiros públicos, e sempre manter os pés limpos, secos e utilizar sapatos que permitam a ventilação dos pés.

Diagnóstico

Seu podólogo irá diagnosticar o pé de atleta após a realização de um exame físico em seus pés. Em alguns casos, é feita uma raspagem da pele para obter-se material necessário para observação do fungo sob um microscópio, ou para uma cultura laboratorial e sua correta identificação.

pe-de-atleta-2

Tratamento

Normalmente um creme anti-fúngico ou pomada aplicada na área afetada durante 2 a 4 semanas irá resolver o problema. Dependendo da gravidade do caso, o medicamento estará disponível por receita médica ou sem receita. Em alguns casos, uma medicação oral será prescrita.

Sem Tratamento

Embora incomum, o pé de atleta pode progredir para celulite, uma forma mais grave de infecção bacteriana da pele do pé que pode se espalhar até a perna.